Cuidados com a pele no inverno

A estação mais seca do ano chegou e são necessário cuidados redobrados com a nossa pele. A pouca umidade do ar e as baixas temperaturas diminuem a transpiração corporal, desse modo, a pele acaba se tornando mais seca. Além do mais, durante esse período do ano, é comum tomarmos banhos quentes que acabam retirando a oleosidade natural da pele de forma maisbrusca, impedindo ou diminuindo a presença da umidade da nossa pele.

A pele é conhecida como o maior órgão do nosso corpo e tanto no rosto como em outras partes o ressecamento no inverno pode ser intenso. O aspecto esbranquiçado e de certa forma “descascado” que a pele pode apresentar indica a desnaturação de proteínas da nossa pele como a queratina. Como forma de amenizar ou evitar esses sintomas incômodos é importante utilizar produtos hidratantes potentes e investir numa alimentação rica em vitaminas e antioxidantes, além é claro de ingerir satisfatória quantidade de água.


Algumas doenças podem surgir durante essa estação e precisam ser pontuadas para possível cuidado, são elas: dermatite seborreica, dermatite atópica e psoríase.

A dermatite seborreica ocorre em regiões que possuam pelos e é uma descamação da pele causada pela desregulação sebácea. Suas manifestações sintomáticas são intensa produção de oleosidade, descamação e coceira, o que pode levar a caspa e crostas aderidas ao couro cabeludo. A dermatite atópica possui como principal sintoma a coceira que pode levar a lesões cutâneas e pode atingir a face, tronco e membros. A pele vai se tornando áspera, escurecida e grossa. A psoríase é uma doença comum e contagiosa, sua causa ainda não foi elucidada, mas está sempre relacionada ao estresse.


Todas essas patologias possuem sintomas parecidos como ressecamento da pele, coceira e manchas. É importante a procura de um profissional para tratar corretamente essas doenças.


De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) a alimentação ideal deve ser composta com legumes, hortaliças e frutas, alimentos fontes de vitaminas e minerais com capacidade antioxidante que irão prevenir o envelhecimento da pele. Frutas ricas em vitamina C como morango, laranja, limão, mexerica entre outras são adequadas para esta estação.


Ademais, é indicado também a ingestão de alimentos ricos em isoflavonas, compostos que evitam o ressecamento e melhoram a elasticidade da pele, como por exemplo a soja. Adicionado a isso, a alimentação com castanha e nozes são ricas em vitamina E, selênio e antioxidantes que ajudam a manter a pele saudável.


Aqui vão algumas dicas para manter a pele hidratada:

· Beber pelo menos dois litros de água por dia;

· Evitar banhos muito quentes e demorados;

· Usar o hidratante logo após sair do banho ainda no banheiro pois o vapor auxilia na penetração do creme.

· Pessoas com peles oleosas e acneicas devem evitar hidratante comum e utilizar livre de óleos nas áreas de maior oleosidade.

· Na região dos lábios é importante utilizar hidratantes específicos. Essa área costuma ressecar muito no inverno.

· Utilizar filtro solar diariamente.


Fonte: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/cuidados-com-a-pele-no-inverno/

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tem problema em dividir comprimido?

Diretamente falando, infelizmente tem. A regra é: se você puder evitar partir o seu comprimido, evite. Mas, se não tiver escolha, tente partir da forma menos “estranha” possível! A seguir, vamos te ex